São Francisco recebe 20 mil alevinos em Petrolina

peixamento Petrolina

Texto: Juciana Cavalcante e Fotos: Jonas Santos e Ivaldo Reges

Dentro da comemoração à semana do meio ambiente, o rio São Francisco nas margens de Petrolina (PE) recebeu 20 mil peixes contribuindo para o repovoamento na área. A ação faz parte do projeto “Nossa Orla” iniciado em março deste ano com o objetivo de melhorar a qualidade da água na região.

A operação de peixamento na cidade cumpre uma das etapas para revigorar a natureza e economia local. A ação conta com a parceria firmada entre a prefeitura do município e 3ª Superintendência Regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). De acordo com o gerente de projetos da Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA), Victor Flores, o rio encontrava-se com nível crítico de poluição, sinalizado pela grande concentração de baronesas. Até o momento já foram retirados 1.400 toneladas de baronesas e 40 toneladas de sedimentos.

peixamento (3)

“De acordo com o monitoramento da qualidade físico-química da água, com a retirada das baronesas e sedimentos já é possível detectar um avanço no potencial de oxigenação da água. Saímos de 1,3 mg/L para 8,1 mg/L. Isso significa que aos poucos é possível restabelecer o equilíbrio ecológico”, explicou o gerente ressaltando que ainda existem pontos críticos, mas que as ações continuam para encerrar as atividades de despejo de esgoto no rio. O nível mínimo de oxigenação segundo o Conama, órgão de regulação, é de seis miligramas.

Com o trabalho de limpeza que ainda segue nas margens da orla e a identificação da origem do esgoto que deságua in natura no rio, a próxima etapa do projeto é a realização do plano de recuperação de área degrada que vai revitalizar a orla dois da cidade com plantio de árvores nativas. Para o pescador Florisvaldo Feitosa que sobrevive do São Francisco, o trabalho para ver esse trecho do rio propício à pesca depende de ações continuadas. “A gente já percebe a diferença na água, mas sabemos que o trabalho tem que ser persistente para que tenhamos de volta um rio saudável”.

O projeto “Nossa Orla” é desenvolvido pela prefeitura de Petrolina junto ao Instituto Federal de Educação IF Sertão, Exército, Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e Codevasf.



CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page
Publicado em segunda-feira, 12 de junho de 2017