Comitê apresenta à imprensa a campanha pela revitalização do São Francisco

Com a perspectiva de lançar, em 2017, o projeto “Esgoto Zero”, o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco apresentou aos principais veículos de imprensa do país a campanha “Eu Viro Carranca Pra Defender o Velho Chico”. A coletiva de imprensa aconteceu nesta quarta-feira (dia 01/06), no Hotel Hilton Garden, em Belo Horizonte, contando com a presença do presidente e secretário do colegiado, respectivamente Anivaldo Miranda e Maciel Oliveira, e outros membros da entidade.

Este é o terceiro ano da campanha, que clama por uma revitalização efetiva do conhecido rio da integração nacional, após contínuos processos de degradação ambiental, especialmente com a ausência de saneamento básico em mais de 70% dos municípios são-franciscanos. Na perspectiva de sanar o lançamento desenfreado de esgotos e dejetos químicos na calha do rio, o CBHSF se tornou o principal financiador na elaboração de planos de saneamento básico de municípios situados no território da bacia. Com investimentos iniciais da ordem de R$ 8 milhões, a entidade já elaborou 27 PMSB, s, tendo a meta de alcançar ainda este ano outras cidades ribeirinhas.

Ao todo, são 507 municípios espalhados por Minas Gerais, Goiás, Bahia, Pernambuco, Alagoas e Sergipe, além do Distrito Federal. “Não conseguiremos contemplar todos, mas estamos fazendo o possível para reverter essa situação crítica de o rio ser o depósito de lixo dessas cidades”, disse Maciel Oliveira, secretário do Comitê.

Ações

No próximo dia 3 de junho, a entidade realizará uma barqueata simbólica que marcará o início das atividades do Dia Nacional em Defesa do Velho Chico, com ações previstas nas cidades de Juazeiro (BA) e Petrolina (PE). Ainda integrando a programação, acontecerá o I Simpósio da Bacia do Rio São Francisco, que reunirá de 5 a 9 de junho, em Juazeiro (BA) e Petrolina(PE), pesquisadores de todo o Brasil e também do exterior para apresentarem estudos relativos à gestão dos já escassos recursos hídricos da bacia e os seus aspectos socioculturais. A programação do evento foi explicada aos jornalistas, durante a coletiva, por seu coordenador acadêmico, o professor e pesquisador Renato Garcia, da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), que sediará o encontro.

ASCOM – Asssessoria de Comunicação do CBHSF 



CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page
Publicado em quinta-feira, 2 de junho de 2016