Cultura

A história da famosa ponte de Pirapora – MG

ponte-pirapora-mg

Sem dúvidas, a paisagem da Ponte Marechal Hermes juntamente com o rio São Francisco, em Minas Gerais, é o mais lindo cartão postal da cidade de Pirapora. Com estilo rústico, a obra foi uma alternativa para compor o projeto de ligar o Rio de Janeiro à Belém do Pará, mas se restringiu a ligar a cidade de Pirapora e Buritizeiro e aproximar as regiões banhadas pelo Velho Chico dos centros populosos.

A ponte, que tem quase 1km, foi fabricada na Bélgica. Os seus processos de construção foram iniciados em 1901, quando chegaram as primeiras peças para a sua montagem. Em 1914, as obras da ponte foram paralisadas devido as cheias do São Francisco que impediram a elevação dos pilares, e apenas em 1918 que aconteceu o reinicio das obras. Em 1922 a Ponte Marechal Hermes foi inaugurada.

Até o final da década de 60, essa ponte era utilizada para transporte de produtos manufaturados até a cidade de Pirapora. Hoje, a Ponte Marechal está desativada e apenas é possível fazer a travessia a pé ou de bicicleta, e infelizmente, o visual do Velho Chico está muito diferente de quando aconteceu a cheia de 1914.



CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page
Publicado em quarta-feira, 15 de outubro de 2014