Notícias

25/04/2012

Governo não vai ceder às exigências de dom Cappio, afirma Lula

Carolina Pimentel

Repórter da Agência Brasil – 20/12/2007

Brasília – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje (20) que o governo não vai ceder às exigências do bispo de Barra (BA), dom Luiz Flávio Cappio, que há 24 dias faz greve de fome contra a transposição do Rio São Francisco.

Segundo Lula, o projeto é o “mais humanitário de seu governo”. Ele lamentou a greve de fome de dom Cappio, mas disse que a obras vão continuar. “Se o Estado ceder, o Estado acaba”, avaliou, durante café da manhã com jornalistas no Palácio do Planalto.

O presidente ponderou que, entre a greve de fome do bispo e os 12 milhões de brasileiros que vão ser beneficiados com a transposição do São Francisco, a prioridade tem que ser dada à população. Lula

Em entrevista após o café da manhã, Lula disse esperar que “o povo brasileiro, daqui a algum um tempo, tenha compreensão de que o que fizemos foi levar água para milhões de brasileiros”. Ele acrescentou que a parcela da população a ser atendida hoje é “vítima da fábrica da seca e dos carros-pipa”.

Na conversa com jornalistas, Lula contou que em 1980 fez uma greve de fome que durou seis dias, mas, no entanto, aprendeu com seus “companheiros da Igreja católica que só Deus dá e tira a vida”.

“Eu sei o que é greve de fome, dá uma fome”, continuou Lula, acrescentando que no período em que fez ficou em jejum ingeriu apenas água e sal.

O presidente ressaltou que o governo também investiu em uma política de revitalização do Rio São Francisco. “Nunca ninguém colocou um centavo para despoluir [o rio]. Somos nós que estamos colocando”, destacou Lula, em entrevista após o café da manhã.

 

Fonte:http://www.agenciabrasil.gov.br

Compartilhe:

Outras notícias

22/05/2019

CBHSF lança manual de educação ambiental

Esta cartilha de educação ambiental Sou Mais Velho Chico - Manual de Educação Ambiental, é um breve apanhado de alguns ...

Leia mais

22/05/2019

CBHSF participa de Painel sobre “Gestão dos conflitos entre múltiplos usuários de água”

No segundo dia da III Conferência em Gestão Participativa de Reservatórios e Bacias Hidrográficas, nesta terça-feira (21.05), o presidente do ...

Leia mais