Notícias

07/12/2018

Expedição fotográfica Olhares do Velho Chico


Caravana irá registrar situação do rio São Francisco.


Retratar a atual situação do rio São Francisco, através da fotografia, é o objetivo da expedição Olhares do Velho Chico, que iniciará a sua primeira etapa no dia 07 de dezembro, saindo da cidade mineira de Montes Claros. A ideia é percorrer de carro as 54 cidades localizadas na calha do rio, levando educação ambiental, coletando dados e, principalmente, registrando o cenário do momento do Velho Chico.

Idealizada pelo secretário da Câmara Consultiva Regional (CCR) Submédio São Francisco, Almacks Luiz, a caravana contará com a participação de Antônio Jackson, membro do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco e fundador do Museu Ambiental Casa do Velho Chico, localizado em Traipu (AL), Antônio Eustáquio Vieira, presidente do CBH do Rio Paracatu e da ONG Movimento Verde, sediada em Paracatu e de Ednaldo Campos, coordenador da CCR Médio São Francisco e presidente do CBH Verde e Jacaré.

“Não será uma expedição para fotografar as belezas do Rio, mas sim a situação do rio. A expedição será lançada na plenária de Montes Claros, nos dias 06 e 07/12, e no dia 07, faremos a primeira saída, saindo de Montes Claros para a cidade de Matias Cardoso, passando por Manga (MG), Carinhanha, Bom Jesus da Lapa, Paratinga, Sítio do Meio, Ibotirama, Morpará, Barra e Xique-Xique (BA). Além disso, faremos educação ambiental e vamos colher os dados de captação de água para uso humano, dessedentação humana, lançamento de esgotos e também a disposição final dos resíduos sólidos”, explica Almacks.

Após percorrer os 54 municípios, será realizada uma exposição fotográfica itinerante, que retornará aos municípios. Por meio de QR Code impresso nas fotos, será possível consultar oas dados levantados durante a expedição.
A Expedição tem o apoio institucional do CBHSF – Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, da empresa de comunicação integrada TantoExpresso, e Agência Peixe Vivo e conta com apoio financeiro de: Loteamento Terras de Itaitu Hildebrando Cedraz, REABILITA, LOCALMAQ, CONSOMINAS, Studio Almacks, HG Honey Gama, ONG ZABUMB O, Museu Ambiental Casa do Velho Chico, PROJETA e MOVER – Movimento Verde de Paracatu.


Veja as fotos dos participantes da expedição:


 

*Texto: Mariana Martins
*Fotos: Ohana Padilha

Compartilhe:

Outras notícias

22/02/2019

Ministro do Desenvolvimento Regional expressa preocupação com contaminação do rio São Francisco com pluma de rejeitos de Brumadinho

Gustavo Canuto participou de audiência pública na Câmara dos Deputados, que teve a participação do vice-presidente do CBHSF, José Maciel ...

Leia mais

22/02/2019

População de Paracatu teme por barragens de rejeito de ouro e contaminação por arsênio

Paracatu, distante cerca de 480 quilômetros de Belo Horizonte, na região Noroeste de Minas, abriga a maior planta de mineração ...

Leia mais