Notícias

05/03/2018

CBHSF lança manuais para auxiliar na gestão dos recursos hídricos

A gestão dos recursos hídricos é um processo complexo que envolve muitas instituições e diversas prioridades. E o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF) considera que a gestão de recursos hídricos só poderá se efetivar e cumprir seus objetivos por meio do diálogo e da construção coletiva.

Pensando nisso, o CBHSF, com o apoio da Agência Peixe Vivo, lança o “Manual de Política e Procedimentos” que tem o objetivo de apresentar o modo de funcionamento do Comitê ao seu público interno, bem como mostrar o que espera-se deste público no âmbito de sua representação e composição.

O CBHSF é um órgão colegiado de Estado composto por representantes de setores e usuários de água, do poder público e da sociedade civil dos diferentes estados, que precisam manter uma sistemática comunicação interna e externa com os diversos segmentos sociais que representam.

Por isso, o “Manual de Políticas e Procedimentos” tem o objetivo de ser um instrumento balizador e de orientação para os membros do CBHSF, por meio do qual seja possível compreender melhor a forma de gestão não somente do Comitê, mas também dos recursos hídricos no Brasil. E, principalmente, a importância do posicionamento adequado de cada membro frente à diversas situações que podem surgir no âmbito da representação.

Outra importante publicação lançada pelo CBHSF é o “Plano de Prevenção de Crises” que tem o objetivo de apresentar informações que possibilitem a identificação de uma possível crise, avaliação de cenários e consequências, bem como as ações recomendadas para gestão da crise, tendo em vista o anseio pelo menor impacto possível na imagem do Comitê.

A proposta deste Plano de Gestão de Crises é ser uma referência para os membros do CBHSF no posicionamento em situações que possam vir a surgir, com caraterização de crise. Dessa forma, neste Plano são apresentadas informações sobre a caracterização de uma crise, o papel da comunicação, a importância do fortalecimento e da preservação da imagem institucional do Comitê, bem como as orientações para providências práticas para o antes, o durante e o depois da crise, além da importância de que seja instituído um Comitê Gestor de Crises.

Confira os manuais

 

 

*Por Luiza Baggio

 

Compartilhe:

Outras notícias

24/09/2018

Período chuvoso deve começar no próximo mês na bacia do Rio São Francisco

Os estudos hidrológicos dos órgãos competentes apontam para o início de uma precipitação na bacia do Rio São Francisco nos ...

Leia mais

24/09/2018

Projetos hidroambientais e PMSBs são pauta de reunião da CCR Alto São Francisco

A Câmara Consultiva Regional (CCR) Alto São Francisco reuniu-se em Belo Horizonte (MG), no dia 21 de setembro, para discutir ...

Leia mais