Notícias

04/12/2018

Audiências públicas sobre PMSB são realizadas em mais quatro cidades no Submédio São Francisco


Mais quatro cidades da região do Submédio São Francisco beneficiadas com a elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) recebem essa semana a segunda etapa das audiências públicas. A equipe de engenheiros da empresa Key Consultoria, contratada pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF) cumpre nessa semana a terceira etapa dos produtos que devem ser executados para elaboração do PMSB, que é o prognóstico, programas, projetos e ações.

O produto três dos seis que devem ser entregues, culminando no conjunto de dados sobre a situação da cidade e as propostas para melhorar cada ponto identificado como crítico, o Plano de Saneamento, identifica um horizonte de planejamento para os próximos 20 anos com execução de ações de imediato, curto, médio e longo prazos e revisão a cada quatro anos.

A primeira audiência da semana aconteceu nesta segunda-feira (03), no município de Floresta (PE). Além da audiência, a comunidade foi convidada a participar de consultas públicas que aconteceram em dois distritos da cidade. “Diante da construção do plano é imprescindível a participação popular e estes são os espaços criados para que cada pessoa possa contribuir, apontando o que esses locais mais precisam e onde as ações são vitais visando sua aplicação de modo eficaz”, explicou o engenheiro ambiental Raphael Machado, representante da empresa Key Consultoria.

Em Floresta, de acordo com os dados apontados, o município deve adotar entre outras medidas: o encerramento do atual lixão que funciona a céu aberto, construir o aterro sanitário, instalar galerias pluviais, reduzir as perdas em água tratada e expandir o sistema de abastecimento de água potável; além de adotar práticas continuadas de educação ambiental.

De acordo com o prefeito da cidade, Ricardo Ferraz, o município aguarda com ansiedade a conclusão do Plano de Saneamento. “Mais do que nunca precisamos de planejamento e isso é possível ouvindo as pessoas para incluir nessa linha de ação as necessidades que devem ser cumpridas em curto, médio e longo prazo. Não podemos mais pensar em desenvolvimento sem respeito o meio ambiente e por isso, a gente está confiante em adquirir essa ferramenta para colocá-la em prática visando a busca de recursos e parcerias com os governos e instituições para dar às pessoas melhores condições de vida”, afirmou.

Na região do submédio São Francisco, oito cidades foram beneficiadas, nesse último lote, com a elaboração do Plano Municipal de Saneamento financiado integralmente pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, através de recursos oriundos da cobrança pelo uso da água. O CBHSF já entregou o PMSB em 25 municípios e, atualmente, executa mais 42 planos em cidades das quatro regiões da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco. “A gente sempre destaca a importância e o esforço concentrado que o Comitê faz no sentido de auxiliar os municípios com essa importante ferramenta que é o Plano de Saneamento. O objetivo do CBHSF é, através desse apoio, tornar os municípios mais eficientes e conscientes quanto ao seu papel no cuidado e preservação com nossos recursos naturais e em especial com a nossa bacia do São Francisco”, acrescentou o coordenador da Câmara Consultiva Regional do Submédio São Francisco, Julianeli Lima.

As audiências e consultas públicas seguem até essa sexta-feira (07) atendendo ainda os municípios de Tacaratu-PE, Glória e Rodelas na Bahia.

 

*Texto: Juciana Cavalcante
*Foto: Juciana Cavalcante

Compartilhe:

Outras notícias

22/02/2019

Ministro do Desenvolvimento Regional expressa preocupação com contaminação do rio São Francisco com pluma de rejeitos de Brumadinho

Gustavo Canuto participou de audiência pública na Câmara dos Deputados, que teve a participação do vice-presidente do CBHSF, José Maciel ...

Leia mais

22/02/2019

População de Paracatu teme por barragens de rejeito de ouro e contaminação por arsênio

Paracatu, distante cerca de 480 quilômetros de Belo Horizonte, na região Noroeste de Minas, abriga a maior planta de mineração ...

Leia mais