Notícias

18/06/2014

A natureza e o acaso capricharam: Cânion do Xingó

Localizado no município de Canindé do São Francisco, em Sergipe, o Cânion do Xingó adicionou o menor estado do Brasil ao mapa turístico do país. Um dos maiores cânions navegáveis do mundo, o Cânion do Xingó surgiu como consequência do represamento das águas do Rio São Francisco para a construção da Usina Hidrelétrica do Xingó.

Antigamente, o rio que percorria esse cânion, se chamava Canindé, ele era basicamente um leito seco com vegetação escassa e coberta por caatinga. Hoje o local dispõe de paisagens impressionantes com formações rochosas que rodeiam o lago, trilhas e águas verdes e cristalinas, que chegam a ter 187m de profundidade.

Pelo caminho, além das maravilhosas vistas naturais, é possível encontrar vestígios de pinturas rupestres e fragmentos de cerâmica de oito mil anos atrás, dos primeiros habitantes do local. Há também quem adicione à sua programação turística alguns esportes radicais como escalada, rapel, tirolesa e trekking.

E é por esses e outros motivos, que o Cânion de Xingó é escolhido como destino turístico por qualquer tipo de público e independe de qualquer atividade escolhida, já que a única certeza, é que será uma experiência bastante favorável só de se ter a companhia do “Velho Chico”.

Para desfrutar das belezas naturais dos Cânions do Xingó, é preciso navegar pelo Rio São Francisco por uma hora, a partir da cidade de Canindé do São Francisco, localizada à 213km de Aracaju.

 

Compartilhe:

Outras notícias

21/01/2019

Rádio São Francisco: Inauguração do Sistema de Abastecimento de Água para a Tribo Pankará será na próxima quinta-feira (24)

O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF) vai entregar na próxima quinta-feira (24) a obra que vai ...

Leia mais

21/01/2019

Associação Peixe SF realiza primeira reunião e discute preservação do rio São Francisco

Recém constituída, a Associação Aquicultura do Rio São Francisco – PEIXE SF, criada com o objetivo de representar toda a ...

Leia mais